Viver em Suíça: Informação e conselho on-line  

Comunidades de crença islâmica

Na Suíça vivem hoje aproximadamente 400.000 muçulmanas e muçulmanos. Somente uma parcela aproximada de 15% deles pratica suas crenças.

56% dos (as) muçulmanos (as) na Suíça vêm dos Bálcãs e 20% da Turquia. Três quartos pertencem à orientação religiosa sunita. Por força disso, a maioria das instituições islâmicas na Suíça são sunitas e voltadas às necessidades linguísticas e culturais de pessoas vindas da Albânia, Bósnia e Herzegovina, Macedônia ou Turquia.

 
Os (as) muçulmanos (as) na Suíça aparentam ser, à primeira vista, grupos homogêneos. Entretanto eles têm sua origem em mais de 100 países, falam uma variedade de idiomas e possuem diferentes históricos culturais e sociais. A maioria das Mesquitas está aberta à todos os seus religiosos, porém é importante para muitos (as) muçulmanos (as), vivenciar suas crenças no idioma de origem.
 

Organizações representativas

 
Para defender seus interesses em público e perante as autoridades, inúmeras associações e Mesquitas uniram-se em organizações representativas, nos últimos anos. A Federação das Organizações Representativas do Islã na Suíça agrupa atualmente 13 associações regionais com 171 Mesquitas em todo o país. No âmbito das associações islâmicas e Mesquitas em Berna atua a menor organização representativa, denominada Coordenação das Organizações Islâmicas da Suíça.
 

Uma Organização de base

 
Em 2009 foi fundado, por suíços (as) convertidos (as), o Conselho Islâmico Central Suíça.Essa associação se define como organização de base e defende, para os padrões suíços, exigências islâmicas, em partes, radicais. Só podem se manifestar os sócios ativos, os quais são afiliados pelo Diretor da Organização, num processo especial que se baseia no currículo e numa carta de motivação do candidato. Em contrapartida, a condição de sócio inativo pode ser concedida à todo aquele que desejar dar suporte aos objetivos do Conselho Central com a contribuição de CHF 50.- anuais.

Sobre este tema: Mesquitas e locais de oração, Funeral, Ensino da Religião Islâmica

Links relacionados :